18 de agosto de 2017 às 19h07min - Por Mário Flávio


O ex-presidente Lula visitou as cidades baianas de Cruz das Almas e São Francisco do Conde nesta sexta-feira (18), mas teve que improvisar em um dos eventos que estava previsto na agenda. Pela manhã, o petista receberia da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) o título honoris causa. Contudo, uma a decisão judicial cancelou a entrega da honraria.

O juiz Evandro dos Reis, da 10ª Vara Federal Cível de Salvador, foi quem acolheu a ação popular contra o ex-presidente. Na sentença, o magistrado explica que há “desvio de finalidade” na concessão do título, pois o objetivo, na verdade, seria político. O autor da ação, vereador de Salvador Alexandre Aleluia (DEM), comentou a decisão do juiz federal.

“Não dá para aceitar um título de honra a um presidente que fala todos os dias em controlar a imprensa, em controlar nossa liberdade, em atacar nossas instituições. Ex-presidente condenado não merece título, merece sentença”.

A caravana de Lula começou nesta quinta-feira (17) em Salvador. Na capital baiana, o ex-presidente não foi recebido pelo prefeito ACM Neto (DEM). O trajeto do petista pelo Nordeste deve passar por 28 municípios nos próximos 20 dias. Mesmo que a viagem pela região tenha a função de ganhar votos, o ex-presidente pode não concorrer nas próximas eleições.

No mês passado, Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na decisão, o juiz Sergio Moro também determinou que o ex-presidente não exercesse cargos públicos por 19 anos. Porém, o petista só ficará inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa se a condenação for mantida em segunda instância.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro