23 de outubro de 2013 às 14h57min - Por Mário Flávio

20131023-145645.jpg

O juiz Brasílio Guerra, da Vara da Fazenda Pública de Caruaru, deferiu a liminar impetrada pela bancada de oposição da Câmara Municipal de Caruaru contra a não instalação da CPI da CGU. De acordo com o secretário jurídico da Câmara, advogado Bruno Martins, a decisão, publicada no site do Tribunal de Justiça, já foi comunicada ao presidente da Câmara, vereador Leonardo Chaves (PSD).

No contexto

Para secretário jurídico da Câmara de Caruaru, CPIs aprovadas não conflitam com pedido da oposição que tramita na Justiça

“A Câmara vai cumprir a determinação e os trabalhos para a instalação da Comissão vão ser iniciados”, comentou Bruno. Os membros da Comissão deverão se reunir, nos próximos dias, para escolher o presidente e o relator do processo.

O autor da proposta foi o vereador Evandro Silva (PMDB), que pediu a abertura de uma Comissão Especial de Investigação para apurar irregularidades apontadas por relatório da Controladoria-Geral da União em 2011 em Caruaru, referente ao uso de recursos federais.

Com a criação de mais uma CPI a Câmara de Caruaru conta a partir de hoje com três Comissões desse tipo na Casa.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro