21 de agosto de 2013 às 11h25min - Por Mário Flávio
marcelo - livro ok

Marcelo Mário de Melo reflete questões político-culturais em seu livro – Foto: Assessoria

Na próxima sexta-feira (23), o Espaço Cultural Asces no Quintal da Academia sedia o lançamento do livro “Os colares e as contas – Poemas políticos ” de Marcelo Mário de Melo e do pôster-poema “Bandeiras”, que também faz parte do obra. O evento acontece às 19h e tem entrada gratuita, na Academia de Ciências e Letras.

Nascido em Caruaru, o autor mudou-se para o Recife aos 9 anos e retornou à terra para assumir a presidência da Fundação de Cultura do Município nos primeiros nove meses no segundo mandato do ex-prefeito João Lyra (PDT), em 1994.

Alguns textos tocam em feridas que dizem respeito a questões debatidas pela Comissão da Verdade, como os desaparecidos políticos e a abertura dos arquivos das forças armadas. Há poemas dedicados a 25 militantes ou perseguidos políticos pela ditadura, passando por exilados, presos, mortos sob tortura ou desaparecidos, a exemplo de Miguel Arraes, Gregório Bezerra, Jonas Barros e Ivan Aguiar, David Capistrano, José Raymundo da Silva, Fernando Santa Cruz, Eduardo Collier, Carmen Chaves, Vera Stringuini, Lorena Araujo e Reginaldo Velozo. As obras serão comercializadas no local pelos seguintes valores: livro: R$ 35,00; pôster-poema: R$ 10,00.

PERFIL

O autor iniciou militância no PCB aos 17 anos de idade, em 1961, depois migrou para o PCBR. Cumpriu 8 anos 46 dias e 19 horas de pena como preso político em Pernambuco, de 1971 a 1979, entre a Casa de Detenção do Recife e a Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá.

Depois de libertado, Marcelo atuou no PT pernambucano, em mobilizações políticas, campanhas eleitorais e articulações político-culturais. Como jornalista foi um dos fundadores da Equipe de Comunicação – Ecos, na década de 1980. Atualmente é assessor de comunicação social da Fundação Joaquim Nabuco, sediada no Recife.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro