3 de julho de 2012 às 10h07min - Por Mário Flávio

A saída de última hora da base do governo para ir para a oposição não adiantou. Em Caruaru, o PTC deve mesmo ficar na Frente Popular. O presidente da legenda no município, Johnny Edilson, confirmou que participou nesta segunda (02) à noite de uma reunião com os presidentes do PTdoB, PRP e PHS, Fagner Fernandes, Dyego Stevenson e Claudio Cumaru, para definir a formação da chapa proporcional com esses partidos. Ainda segundo Johnny, mais cedo ele também havia conversado com o prefeito Zé Queiroz.

Segundo o presidente do PTC, desde o sábado havia muito diálogo e pressão sobre a anulação do apoio à base de Miriam Lacerda.”Houve muita pressão, não foi uma decisão inteiramente minha, pois sempre faz parte de uma diálogo, mas agora estou me reunindo com os candidatos do partido para definirmos como ficará a situação do PTC na base do governo”, explicou Johnny.

No sábado (30), o PTC havia sido anunciado na convenção da Frente Popular, mas Johnny Edilson na verdade havia ido para a convenção do Democratas e havia confirmado o apoio a Miriam Lacerda. Pouco tempo depois, o deputado Wolney Queiroz havia informado que iria conversar com o presidente estadual do PTC, Eriberto Medeiros, pedido a anulação desse apoio.

 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro