27 de fevereiro de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

20130227-011937.jpg

O deputado federal João Paulo (PT) esteve na noite desta terça (26) em Caruaru. Ele foi a grande estrela do encontro promovido pela Tendência Mensagem ao Partido (MP), da qual é líder maior em Pernambuco. O evento foi realizado por integrantes da MP, que hoje está sob o comando na cidade do jornalista Herlon Cavalcanti. Além de João Paulo, a mesa foi composta pelo ex-vereador Rogério Meneses, pela secretária de Participação Social, Louise Caroline e o debate mediado pelo analista político Arnaldo Dantas.

Antes do encontro o deputado conversou com a nossa equipe e ele confirmou, com exclusividade, que uma das metas do partido em Caruaru é trazer de volta para a política local, o ex-presidente da Câmara, Rogério Meneses, que deixou o domicilio eleitoral da Capital do Agreste no ano passado, para ser candidato a prefeito na cidade de Imaculada, sertão da Paraíba, onde não obteve êxito. “Sem dúvidas essa é uma das nossas metas, não que o companheiro Rogério vá abandonar a sua terra natal, mas ele contribuiu e muito para a cidade e o PT de Caruaru precisa dele”, disse o petista.

O ex-prefeito do Recife comentou ainda sobre o espaço do PT no governo Zé Queiroz. Ele evitou polemizar sobre a hegemonia da tendência MAIS, que ocupa Pastas importantes na gestão, mas garante que um petista em especial poderia ser aproveitado no governo. “A participação do companheiro Herlon foi fundamental durante a campanha de eleição do prefeito Zé Queiroz. Ele defendeu que o partido ficasse na base de apoio a candidatura de Zé, até mesmo contra a posição de Rogério. Sei que é uma decisão do prefeito de Caruaru, mas ele pode ser aproveitado em varias áreas”, explicou.

O deputado ainda comentou a especulação sobre a possível indicação dele para compor a majoritária ao lado de Armando Monteiro (PTB), na eleição de 2014. Ele seria o indicado do PT ao Senado, mas descartou que tal hipótese tenha sido comentada entre ambos e defendeu a manutenção da aliança com Eduardo Campos. “Essa possibilidade não foi ventilada pelo senador Armando Monteiro e muito menos por mim. É muito cedo para esse tipo de especulação, mas adianto que devemos manter a aliança com o governador Eduardo Campos”, disse.

A entrevista completa com o deputado federal você vai ouvir a partir de 12h no programa Conteúdo, veiculado diariamente na Caruaru FM 104,9.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro