5 de fevereiro de 2012 às 08h00min - Por Mário Flávio

Fonte: Jornal Vanguarda

O vice-governador João Lyra Neto (PDT) deverá ser operado na manhã desta segunda-feira (6), no Hospital do Coração, em São Paulo. Ele chegou à capital paulista na última segunda-feira (30) para fazer alguns exames de rotina, quando foi surpreendido e teve de ficar internado para fazer um cateterismo – exame para avaliar a situação das veias do coração. Durante o procedimento, os médicos viram a necessidade também de realizar uma intervenção cirúrgica para colocar algumas pontes de safena – operação que consiste em retirar parte da veia safena, localizada na perna, para religar artérias do coração obstruídas por placas de gordura. O objetivo é normalizar a circulação de sangue.

O vice-governador recebeu alta na tarde da última quarta-feira, mas permaneceu em São Paulo, retornando ao hotel onde estava hospedado. A expectativa é que ele volte ao Hcor já neste domingo para ser internado e fazer a cirurgia na manhã da segunda.

Os problemas de coração na família Lyra já são comuns. Recentemente, seu irmão mais novo, Gilberto Lyra, também apresentou complicações no coração, mas não precisou ser safenado, submetendo-se a uma angioplastia. Seu pai, também ex-prefeito, ex-deputado federal e estadual, João Lyra Filho (já falecido), também tinha problemas e recebeu uma ponte de safena. A tia do vice-governador, que dirigiu a empresa Rodoviária Caruaruense, Maria José Lyra, também colocou pontes de safena. Porém, quem teve casos mais sérios foi o ex-ministro da Justiça, Fernando Lyra. Nas duas intervenções que sofreu, Fernando recebeu dez pontes de safena e ainda tem um desfibrilador implantado para ajudar o funcionamento do órgão.

Durante a internação do vice-governador, diversas autoridades políticas e empresariais de todo país mostraram solidariedade. Segundo sua irmã, Angelice Lyra, além do governador Eduardo Campos e da primeira-dama Renata, os senadores Armando Monteiro, Humberto Costa e vários deputados federais e estaduais ligaram para dar apoio.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro