9 de setembro de 2013 às 08h25min - Por Mário Flávio

Essa semana será para a mudança de partido do vice-governador João Lyra (PDT). Ele confirmar a filiação nos próximos dias ao PSB, com a perspectiva de assumir o mandato a partir de abril, caso o governador Eduardo Campos se desincompatibilize do cargo. Com isso, João seria o candidato natural da Frente Popular em Pernambuco, com o apoio de Eduardo e de uma penca de partidos. O socialista deve anunciar o candidato do grupo entre os meses de marços abril de 2014.

Sobre a ida para o PSB, João deixou claro que será feita de forma discreta. “Não haverá nenhuma cerimônia ou ato no dia da filiação. Só vou formalizar isso”, disse o caruaruense em entrevista ao Diario de Pernambuco. “Temos que esperar o quadro nacional. Nós temos uma dificuldade maior porque temos um governador que é pré-candidato à Presidência da República”, completou.

Nos últimos meses, João Lyra mantém uma extensa agenda de conversas com políticos de expressão na Frente Popular. A sucessão de 2014 está entre os assuntos abordados.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro