25 de março de 2014 às 11h34min - Por Mário Flávio

Jarbas Vasconcelos

Do Jornal do Commercio

Quase dois meses após anunciar a desistência da disputa pela reeleição ao Senado, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) decidiu que vai pleitear um mandato na Câmara dos Deputados. Com a saída do deputado federal Raul Henry, indicado para disputar a vice-governadoria na chapa encabeçada por Paulo Câmara (PSB), o PMDB correria o risco de não ter um representante pernambucano na Casa legislativa.

Jarbas deverá fazer o anúncio em até dez dias. Antes, ele deve conversar com o governador Eduardo Campos (PSB) para acertar alguns detalhes. Ontem, o peemedebista ligou para os amigos mais próximos para comunicar a decisão. O senador desistiu do Senado após analisar o cenário atual. Na ocasião em que anunciou a desistência, o candidato a sucessão ainda não estava definido, mas havia um indicativo de que um nome técnico seria escolhido por Eduardo.

Distante das bases no interior, a reeleição de Jarbas poderia ficar comprometida se ele escolhesse continuar na disputa ao Senado. De perfil técnico e desconhecido pela população, Paulo Câmara poderia não ter força para emplacar o senador. E Eduardo não estará presente no Estado, pois estará focado na disputa nacional. Esses foram alguns dos fatores que pesou na decisão de Jarbas.

Com uma disputa mais fácil, Jarbas deverá garantir a vaga do PMDB na Câmara. Ele já cumpriu dois mandatos na Casa (1975-1979 e 1983-1985). O espaço estava sendo pleiteado pelo deputado estadual Tony Gel, que já havia dito que se Jarbas não disputasse, ele iria tentar alcançar o posto.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro