21 de junho de 2013 às 09h25min - Por Mário Flávio

20130620-211704.jpg

O vereador Jajá (MD) voltou a usar à Tribuna para tecer críticas aos companheiros de Casa. Segundo ele, foi mal interpretado pelos colegas, principalmente a Heleno do Inocoop (PRTB), que bateu pesado nele na sessão passada, quando o edil teceu críticas ao prefeito Zé Queiroz (PDT). “Tenho muito respeito por vossa excelência, mas em nenhum momento o chamei de corrupto. O senhor deveria ouvir com mais atenção antes de falar em público. Me referi ao caos na ordem que existe no Brasil e vou para o protesto no próximo sábado e se o senhor quiser ir, será bem recebido”, pontuou.

O vereador voltou a dizer que existe uma tentativa de calar a boca dele na Tribuna e que o mesmo vem passando por constrangimento, já que várias pessoas alertam por uma possível quebra de decoro. “O que não posso aceitar é ver a quantidade de escândalos e ficar calado. Eu não tenho o direito de falar aqui? Vou tentar me expressar com cuidado, já que um ou dois vereadores tentam puxar o meu tapete, mas o meu mandato é do povo de Caruaru. Hoje eu fico amedrontado aqui na Câmara, porque fico angustiado e pergunto o que estou fazendo demais? Apenas eu mostro o trabalho e sou reconhecido. Não faço nada para aparecer para a imprensa, é uma situação constrangedora”, disparou.

O vereador disse que só existe uma maneira de cassar ele por quebra de decoro. “Se mostrar a verdade ao povo for quebra de decoro eu terei sim o mandato cassado. Não vou mudar a minha postura, vou seguir trazendo os problemas da cidade para serem discutidos aqui na Câmara”, pontuou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro