23 de outubro de 2013 às 10h25min - Por Mário Flávio

20131023-002317.jpg

O vereador Jajá (PPS) iria apresentar dois pedidos polêmicos na sessão desta terça-feira (22). No entanto, ambos deixaram aos colegas de casa irritados e ele decidiu retirar da pauta. O primeiro pedia que os 23 vereadores fizessem o teste do bafômetro antes de iniciar cada sessão ordinária. O requerimento deixou a Casa alvoroçada e ao perceber a irritação dos demais edis, Jajá decidiu retirar o documento. Um vereador comentou com o blog a ideia de Jajá. “Isso é um absurdo, é zombar com Câmara”, disse em tom raivoso o vereador que pediu sigilo para não ter o nome divulgado.

O segundo pedido de Jajá era sobre o ”cumprimento da Resolução nº 560/2012, que trata do Parlamento Jovem da Casa Legislativa”. No entanto, após muita pressão, o pedido também foi arquivado. Alguns vereadores entendem que os parlamentares jovens serão ameaça no futuro para concorrer na Câmara oficial, um pensamento miúdo.

A decisão frustou alguns jovens que foram até a Câmara e esperavam pela aprovação do pedido.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro