10 de março de 2017 às 06h54min - Por Mário Flávio
Crédito da Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Crédito da Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

O advogado Antônio Campos formalizou nesta quinta-feira (9) o seu pedido de desfiliação do PSB ao qual estava filiado há mais de 15 anos.

Em carta enviada aos Diretórios Nacional e Estadual, ele pede desligamento do partido aos presidentes Carlos Siqueira e Sileno Guedes, respectivamente, apresentando também sua renúncia ao cargo de presidente da comissão provisória do partido em Olinda.

A Carlos Siqueira, o advogado agradece “a maneira correta que marcou nossa convivência com a presidência nacional do partido” e, ao mesmo tempo, encaminha seu pedido de renúncia à presidência da Comissão Nacional de Ética do partido.

Irmão do ex-governador Eduardo Campos, o advogado prestou relevantes serviços ao PSB como coordenador jurídico de várias campanhas.

Nas últimas eleições, disputou a Prefeitura de Olinda, ocasião em que contribuiu, decisivamente, para quebrar a hegemonia de 16 anos do PCdoB na cidade, obtendo cerca de 90 mil votos no segundo turno.

Ele responsabiliza o PSB estadual pela sua derrota para o atual prefeito, Professor Lupércio (SD), e por isso tomou a decisão de desligar-se do partido.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro