20 de dezembro de 2011 às 17h56min - Por Mário Flávio

O Estado de Pernambuco liderou a geração de empregos formais na Região Nordeste no mês de novembro. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego, foram criados 5.135 empregos com carteira assinada, o que corresponde a uma expansão de 0,41% em relação ao mês anterior. Entre janeiro e novembro foram gerados 91.085 novos postos de trabalho em Pernambuco, também o maior saldo verificado na região, com crescimento de 7,74% em relação ao mesmo período do ano passado.

O levantamento do Ministério do Trabalho também constatou a expansão do mercado de emprego em Pernambuco, com o crescimento da oferta de vagas nos municípios do interior do Estado. Segundo o Caged, entre os dez municípios que mais criaram empregos formais no mês de novembro apenas quatro são da Região Metropolitana do Recife.

“A estratégia de interiorização do desenvolvimento, implantada pelo Governo do Estado, vem possibilitando à população do interior do Estado realizar o sonho de conseguir um bom emprego, numa boa grande indústria e com bom salário”, comemorou o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Geraldo Júlio.

Ainda de acordo com o secretário, a geração de empregos é reflexo também de uma agressiva estratégia de atração de empreendimentos privados, que engloba além da política de incentivos fiscais, a priorização da capacitação profissional. “Hoje o Estado dispõe de 14 escolas técnicas estaduais e seis federais, que juntas oferecem 23 cursos. Para 2014, a meta é chegar às 60 unidades de ensino profissionalizante”, garantiu.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro