21 de fevereiro de 2021 às 09h55min - Por Mário Flávio

A Secretaria de Cultura do Recife divulgou no Diário Oficial do Município a chamada pública para participação no auxílio municipal emergencial do Carnaval.

O programa é destinado à concessão de benefício financeiro às agremiações e atrações artísticas que participaram oficialmente do Carnaval do Recife em 2020, diante da impossibilidade de realização de eventos carnavalescos em 2021, por causa da pandemia de covid-19.

O auxílio emergencial municipal foi sancionado pelo prefeito João Campos (PSB) na última terça-feira (16) após aprovação por unanimidade na Câmara de Vereadores do Recife.

Os interessados deverão fazer as inscrições de 22 de fevereiro a 09 de março de 2021, exclusivamente pelo internet, no site www.culturarecife.com.br. O calendário de pagamentos não foi divulgado ainda.

O benefício vai destinar R$ 4 milhões para agremiações a atrações que se apresentaram na programação montada pela Prefeitura para celebrar o Carnaval 2020, de acordo com a Prefeitura do Recife.

Cerca de 160 agremiações e 900 atrações artísticas, entre cantores, bandas e orquestras, estão aptas a receber o benefício, totalizando mais de 27 mil pessoas, segundo a Prefeitura do Recife. Todos precisam estar sediados no Recife e devem necessariamente ter integrado a programação oficial do Carnaval 2020, promovida pela Fundação de Cultura Cidade do Recife.

O edital e os anexos ficarão à disposição no site da Prefeitura do Recife (www.recife.pe.gov.br), bem como no da Cultura do Recife (www.culturarecife.com.br).

De acordo com a Prefeitura do Recife, dúvidas e informações referentes ao edital poderão ser respondidas através do endereço eletrônico [email protected] ou pelos telefones (81) 3355-9013 e 3355-8582.

O auxílio equivale a 50% do valor unitário de cachê, para atrações artísticas, ou de subvenção, para agremiações, tendo por base o Carnaval de 2020, com um teto de R$ 10 mil para cada pagamento. Nenhuma contrapartida obrigatória será exigida aos contemplados pelos recursos, segundo a Prefeitura do Recife.

A publicação no Diário Oficial do Recife foi assinada pelo secretário de Cultura, Ricardo Mello, e pelo presidente da Fundação de Cultura do Recife, José Manoel Sobrinho.

O auxílio emergencial será pago pela Prefeitura do Recife, com apoio da iniciativa privada. A Ambev, patrocinadora dos ciclos festivos da cidade, integra a estratégia com aporte de R$ 1,5 milhão, segundo a gestão municipal.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro