17 de novembro de 2016 às 20h04min - Por Mário Flávio

Divulgar os sinais e sintomas e alertar para o diagnóstico precoce. Esses são os principais objetivos do Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil, que será realizado no dia 23 de novembro. O câncer infanto-juvenil já é a principal causa de morte por doença entre crianças e adolescentes entre 5 e 19 anos. A boa notícia é que ele tem cura, em mais de 90% dos casos.

Mas para alcançar esses altos índices de cura é preciso duas coisas:
1. Diagnosticar a doença precocemente

2. Tratar o câncer infanto-juvenil em centros qualificados e especializados
O Instituto do Câncer Infantil do Agreste atua em Caruaru para garantir à criança com câncer este atendimento qualificado e especializado. O ICIA se une com a imprensa no mês de novembro para divulgar os principais sinais e sintomas da doença para a população e, assim, contribuir para o diagnóstico precoce do câncer.

A data será lembrada em todo o Brasil, através de várias ações que serão realizadas pelas 49 instituições que fazem parte da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC. Serão realizadas ações preventivas e educativas, que visam informar a população sobre os principais sinais e sintomas do câncer em crianças e adolescentes, promover debates e outros eventos sobre as políticas de atenção às crianças acometidas com o câncer, difundir os avanços técnico-científicos relacionados ao tema e apoiar as crianças com câncer e seus familiares.
De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA, no Brasil, o câncer representa a primeira causa de morte (7% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, para todas as regiões. Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no país por ano, em 2016 e em 2017. As regiões

Sudeste e Nordeste apresentarão os maiores números de casos novos, 6.050 e 2.750, respectivamente, seguidas pelas regiões Sul (1.320), Centro-Oeste (1.270) e Norte (1.210).

Ações que serão desenvolvidas pelo ICIA

Dia 21\11- Palestra de conscientização e Sensibilização na sede da PRF em Caruaru;

Dia 22\11- Palestra de Sensibilização para os alunos do Colégio Marianna na cidade de Bezerros;

Dia 23\11 – Ação no Marco Zero com atendimento, aplicação de flúor, panfletagem venda do material da grife e apresentações do Centro São José do Monte;

Dia 25\11 – Recreação na Instituição;

Dia 29\11- Palestra de Sensibilização para os soldados do batalhão de Garanhuns, a convite do pai de Raquel e também ações no centro da cidade;

CONIACC – Confederação Nacional de Instituições de Apoio e Assistência à Criança e do Adolescente com Câncer também vai trabalhar uma série de ações para informar a sociedade sobre a importância de se conhecer os sinais do câncer infanto-juvenil. As instituições terão ainda atuação conjunta com a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica

Sobope.
Essas ações serão realizadas durante a semana de comemorações do Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, começando no dia 23 de novembro e terminando no dia 29.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro