25 de novembro de 2013 às 16h20min - Por Mário Flávio

Membro da Organização Global de Parlamentares Contra a Corrupção (Gopac), o senador Humberto Costa participa de hoje até o dia 29 de novembro do Fórum Mundial da instituição, no Panamá, América Central. A Gopac existe desde 2002 e reúne mais de 500 senadores e deputados e aproximadamente 400 observadores e parceiros, de diversos países, que se dedicam ao combate à corrupção e ao incentivo a práticas de boa governança.

O convite para o senador participar da instituição surgiu em novembro do ano passado. O senador é autor de nove projetos relacionados ao combate à corrupção. São quatro propostas de emendas constitucionais e cinco projetos de lei que hoje tramitam no Congresso.

Entre os projetos, está o que permite que fatos contra deputados federais e senadores ocorridos antes do atual mandato possam ser julgados por quebra de decoro parlamentar. O projeto tem como objetivo evitar que casos como o da deputada Jaqueline Roriz aconteçam novamente. Jaqueline, mesmo depois de ter sido filmada recebendo dinheiro de Durval Barbosa, delator de esquema de corrupção no governo do Distrito Federal, se livrou do processo do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. A defesa da deputada argumentou que Liliane não poderia ser cassada por um fato cometido antes de ser empossada no mandato.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro