31 de julho de 2018 às 16h55min - Por Mário Flávio

Em entrevista ao Jornal das 7 na manhã desta terça-feira na Globo Fm 89,9 o senador Humberto Costa voltou a defender a aliança com o PSB. De acordo com ele, essa é a melhor maneira do partido não se isolar em Pernambuco. No entanto, ele disse que não sabe qual posição a nacional do partido tomará no dia 2, data em que será anunciada a decisão.

“Todo mundo conhece minha posição, eu defendo a aliança do PT com o PSB, sem desmerecer de forma alguma o trabalho, competência e simpatia, da vereadora, Marília Arraes. Se a decisão do partido for de ter uma candidatura própria e se a candidata for Marília eu estarei integrado nesta campanha”, ponderou.

No entanto, Costa disse que não sabe se disputará a reeleição, caso o PT decida pela candidatura própria. “Quero ser candidato a Senador, por onde ando eu recebo o reconhecimento da população pelo trabalho que eu fiz, defendi Pernambuco acima de tudo, lutei para que o Estado crescesse. Estive lá em Brasília o tempo inteiro ao lado dos trabalhadores. Então acredito que posso apresentar o meu nome para ser candidato a senador mais uma vez. Mas se a decisão for pela candidatura própria, vou pensar e posso até disputar uma vaga de deputado federal”, disse.

Humberto ainda criticou o deputado federal Silvio Costa, ao qual chamou recentemente de papagaio de pirata e disse que o PT tem um plano B, caso a candidatura de Lula seja mesmo barrada pela justiça.

“Nós vamos continuar lutando até onde for possível para que Lula permaneça como candidato, agora, se ele for impedido, se o golpe for vitorioso e tirarem Lula, nós com certeza, vamos apresentar ao Brasil outro nome”, afirmou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro