26 de janeiro de 2014 às 09h45min - Por Mário Flávio

Foi com imensa tristeza que eu recebi a notícia da morte de Bruno Maranhão. Conheci Bruno desde os primórdios da criação do PT, ainda na década de 70, ele um respeitado militante da luta política contra a ditadura e pelo socialismo, eu ainda militante do movimento estudantil. Com ele aprendi muitas coisas. Sempre o admirei pela sua perseverança, pela coragem pessoal e política, pelo seu compromisso com as causas do nosso povo e por sua capacidade de renunciar a tudo por uma causa. Sempre firme na defesa de suas idéias, jamais deixou de ser uma pessoa afável e terna.

Foi um dos fundadores do PT em Pernambuco, um de seus dirigentes mais importantes e muito contribuiu para o partido ser hoje o que é em nosso Estado. Vai-se mais um daqueles que fizeram do sonho e da luta por uma sociedade mais justa a razão de suas vidas.

Humberto Costa


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro