13 de agosto de 2013 às 06h25min - Por Mário Flávio

20130812-233004.jpg

Em discurso no Plenário nesta segunda-feira, o senador Humberto Costa (PT), falou sobre os números divulgados pela pesquisa Datafolha, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo do último sábado (10), que aponta o crescimento da popularidade da presidente Dilma Rousseff. “A pesquisa mostra que, pouco a pouco, a população vai fincando os pés no chão, observando que muito do que foi feito até agora foi fundamental para que o país avançasse, embora com toda a razão a população queira mais e muito mais”, afirmou o senador Humberto Costa. De acordo com os dados do Datafolha, a popularidade da presidente Dilma subiu 6 pontos percentuais em pouco mais de um mês. Chegando a uma aprovação de 36%.

Segundo Humberto, os dados animam o governo e mostram que as ações implantadas pelo Governo Dilma estão no caminho certo. “Da mesma forma que não nos assustamos nem nos rendemos a realidade daquele momento da perda de apoio do governo diante da população, também agora essa recuperação não nos faz sentir como que tendo uma situação solucionada. Na verdade devemos continuar o trabalho correto, sério de viabilizar os cinco pactos colocados pela presidenta Dilma e, acima de tudo, buscarmos atender as necessidades que a população brasileira tem”, afirmou o senador, lembrando os protestos que começaram em julho e levaram milhares de pessoas às ruas.

O senador também comemorou os recentes dados divulgados sobre a queda da inflação e a boa expectativa da população com relação ao emprego e a melhoria da qualidade de vida. “A pesquisa demonstra que a população, depois de todo o clima de instabilidade que foi criado por alguns escribas de aluguel que existem na imprensa especializada em economia e também por integrantes da oposição, a população começa a se sentir mais segura para acreditar que o governo continua, de maneira clara e firme, estabelecendo um controle com mão de ferro sobre a inflação”, disparou o petista.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro