12 de abril de 2013 às 06h25min - Por Mário Flávio

Será realizado nesta sexta (12), no auditório da Sociedade de Medicina de Caruaru, o seminário “Superando Barreiras – Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual”. O fórum, promovido pelo Hospital Jesus Nazareno (HJN), tem objetivo capacitar profissionais de saúde para a assistência a mulheres que sofrem esse tipo de abuso. O evento começa às 8h e segue até às 18h.

No seminário, ministrado pelo ginecologista, obstetra e consultor do Programa Superando Barreiras, Carlos Noronha, estará presente o ginecologista, obstetra e atual Gerente da Saúde da Mulher da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e vice presidente no Nordeste, da Federação Brasileira das Associações de ginecologia e Obstetrícia, Olímpio Barbosa. Além dele, participarão do fórum representantes da Secretaria de Saúde de Caruaru, da IV Gerência Regional de Saúde (IV Geres), bem como médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos e epidemiologistas do Hospital Jesus Nazareno, Casa de Saúde Bom Jesus e Lactário.

O projeto Superando Barreiras foi criado para prover serviços de atendimento integral à mulher que sofre de violência sexual, incluindo a interrupção legal da gravidez, de forma que este atendimento se torne uma rotina normal e regular nos hospitais brasileiros. No Hospital Jesus Nazareno, o projeto é uma parceria do Ministério da Saúde, Centro de Pesquisas em Saúde Reprodutiva de Campinas (CEMICAMP) e a Secretaria Estadual de Saúde (SES), através da Gerência de Atenção à Saúde da Mulher.

De acordo com a diretora médica do Jesus Nazareno, Luiza Menezes, o hospital presta assistência a todas as vítimas de violência sexual, independentemente de estarem ou não grávidas. “A ideia é que elas sejam atendidas o mais rápido possível, de preferência antes das 72horas da violência, para evitar infecção pelo vírus HIV e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis, além da gravidez. No caso de a mulher violentada se encontrar grávida do agressor, faz-se a interrupção da gestação, caso seja a vontade da mulher”, explicou.

Em Caruaru, o Projeto Superando Barreiras será implantado oficialmente no Jesus Nazareno com a realização do seminário. No entanto, as práticas de acolhimento e assistência já são executadas no hospital.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro