8 de junho de 2012 às 14h33min - Por Mário Flávio

Causou surpresa à executiva do PPS, ainda no começo da semana, quando o médico Hélio Mororó deu sinais de que havia desistido de pleitear a vaga de vice na chapa da pré-candidata Miriam Lacerda (DEM) em Caruaru. Ele confirmou em seu próprio perfil do Facebook que não estaria mais à disposição para qualquer pleito eleitoral e que a decisão em família pesou para que ele voltasse atrás na indicação, que havia sido feita na sexta-feira (01).

“Família é a base de tudo e em nome dela anuncio que, após uma reunião aqui em casa chegamos a conclusão que nossa cidade precisa mais de médico do que de mais um político, portanto NÃO ESTOU MAIS A DISPOSIÇÃO PARA O CARGO DE VICE-PREFEITO NEM NENHUM OUTRO CARGO ELETIVO. Continuo a disposição para colaborar com idéias e planejamento , em especial, na área da saúde. Obrigado a Deus por minha família, meu pastor e meus amigos, que de joelhos intercederam por mim”, explicou o médico em mensagem na rede social.

A presidente do partido em Caruaru, Adriana de Góis, ficou surpresa porque Hélio Mororó não havia feito nenhum comunicado oficial voltando atrás nessa decisão. Na verdade, ainda no início semana ela e Hélio participaram de uma entrevista no programa Conteúdo, da Caruaru FM, em que se mostravam firmes quanto à postulação na chapa da oposição.

Na quarta-feira (6) Adriana foi a Recife, comunicar a Raul Jungmann sobre essa posição de Mororó. Depois que ela voltou de viagem, ficou definido que apenas o nome dela permaneceria na postulação da vaga de vice, e isso tornaria a majoritária da oposição 100% feminina.

Fora isso, a novidade do PPS é que Raul Jungmann deve vir a Caruaru na quarta ou na quinta da próxima semana, para encontrar-se com seus correligionários caruaruenses e saber como a base eleitoral do partido está sendo formada este ano.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro