15 de maio de 2012 às 10h00min - Por Mário Flávio

O fim do auxílio-paletó ou 14º e 15º salários dos 49 deputados estaduais depende só da iniciativa de um deles de apresentar projeto de lei que acabe com o benefício.

Com a extinção pelo Senado, o presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa (PDT), afirmou, ontem, que acatará qualquer proposta, na Casa, nesse sentido, assim que a Câmara dos Deputados confirme a decisão. “É uma verba indenizatória. Não é ilegal nem imoral. Quando a Câmara decidir, veremos em que termos foi colocada. Não serei obstáculo”, assegurou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro