9 de maio de 2012 às 07h18min - Por Mário Flávio

Na tentativa de estreitar as relações com a China, o governo de Pernambuco vai abrir um escritório de representação na China. O espaço vai funcionar na sede da Associação Brasileira de Promoção às Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em Pequim, e deverá começar a operar num prazo de 60 dias. A decisão de marcar presença no país foi anunciada, ontem, pelo governador Eduardo Campos durante reunião com o embaixador do Brasil na China, Clodoaldo Hugueney.

O escritório será administrado pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Dipper).“A relação custo-benefício do empreendimento vai valer a pena. Vamos investir cerca de R$ 6 mil por mês com a locação do espaço e o pagamento de funcionários”, explicou o presidente da agência, Márcio Stefanni, que acompanha o governador na viagem de prospecção de novos negócios.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro