19 de junho de 2015 às 09h31min - Por Mário Flávio

IMG_1953[1]

Apenas dois vereadores se posicionaram contra a emenda proposta pela bancada evangélica, que retirou as questões de gênero do Plano Municipal da Educação. Marcelo Gomes e Gilberto de Dora, ambos do PSB, foram os únicos que foram indiferentes a emenda. Os dois alegam que a medida é discriminatória e por isso, não seguiram a emenda.

A sessão foi tão tumultuada, que o voto de ambos nem chegou a ser ouvido pelos manifestantes, que eram prós e contra a emenda e se provocavam durante as votações.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro