13 de julho de 2012 às 09h18min - Por Mário Flávio

Após a confirmação que o PMDB ficou sob a presidência de Severino Soares, o Bibiu, a guerra fria entre situação e oposição é agora sobre qual a convenção será validada pela Justiça Eleitoral. A decisão sobre esse pleito será do Juiz do Registro de Candidatura, Jefférson Félix, que aguardava a posição dos Desembargadores para julgar a questão das convenções.

A decisão do magistrado pode sair ainda hoje, mas os dois lados seguem afirmando que realizaram a convenção. O deputado federal, Wolney Queiroz (PDT), já tinha dito antes da decisão do TJPE, que acredita no partido no palanque de Zé Queiroz. “Independente de quem seja o presidente do partido, temos um ato jurídico perfeito na realização da nossa convenção, por isso, acredito que o partido vai ficar conosco”, disse.

O deputado estadual Tony Gel (DEM) foi discreto na comemoração sobre a confirmação da presidência com Bibiu. “Tem muita gente querendo tumultuar o processo, mas acredito na justiça”, disse. A Executiva estadual do PMDB emitiu uma carta assinada pelo presidente de honra do PMDB, Dorany Sampaio, ratificando o apoio em nível estadual a candidatura de Miriam Lacerda (DEM).

Alguns governistas defendem que, caso o partido fique na oposição, a base se apoio a reeleição do prefeito Zé Queiroz (PDT), vai tentar ficar com o partido via Brasília. A conferir.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro