2 de maio de 2013 às 15h25min - Por Mário Flávio

Pastores de diversas Igrejas Evangélicas de Afogados da Ingazeira, das mais variadas denominações, criaram o primeiro instrumento legal para organizar o segmento. É a Organização dos Pastores do Pajeú – OPEP, que tem como primeiro Presidente o Pastor Marcos Antônio, da Igreja Assembleia de Deus – Ministério São Bernardo do Campo.

Na noite desta quarta (01) o grupo organizou um grande culto de louvor na Praça de Alimentação, com o apoio da Prefeitura de Afogados da Ingazeira. Cânticos, hinos, pregações e louvores levaram a mensagem de Jesus a centenas de evangélicos que foram à praça. Quem deu um show à parte, com uma bela e poderosa voz, foi a cantora evangélica Ítila Graciella, que cantou e empolgou a plateia. “Estamos aqui não para falar de religião, mas para falar do Deus vivo, um Deus de promessas e vitórias. Todos temos só um Deus e devemos louvá-lo sempre, independente das diferenças que possamos ter,” destacou o Pastor Marcos Antônio, coordenador do evento.

Ao lado da primeira-dama do município, Madalena Leite, o Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), participou do culto e fez questão de destacar a importância do Estado laico para a democracia. “Uma das maiores conquistas da nossa constituição é a garantia da liberdade de culto e expressão religiosa. Todos nós temos o direito de professar a nossa fé, e com o auxílio dela, buscar construir um mundo mais fraterno e solidário para todos. A Prefeitura apoia toda e qualquer iniciativa religiosa que nos ajude nesse sentido,” afirmou Patriota durante o evento. A próxima reunião da OPEP será no último domingo de maio, a Assembleia de Deus (Ministério Sarça Ardente), no Bairro Padre Pedro Pereira.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro