25 de setembro de 2013 às 09h55min - Por Mário Flávio

20130925-005424.jpg

O vereador Evandro Silva (PMDB) respondeu as indagações de Marcelo Gomes (PSB). Ele disse que o socialista influenciou de maneira equivocada o pedido de informação dele sobre os gastos com a merenda escolar. Segundo ele, jamais teve a intenção de atingir a índole dos produtores e que o governo municipal poderia investir bem mais nesse programa, que de acordo com Evandro, não atinge a quantidade de agricultores necessária em Caruaru.

“Eu disse que jamais seria contra o produtor rural. Eu não sou contra o PNAE, apenas fiz o meu papel e não questionei a nenhum produtor rural, sou produtor e conheço quem trabalha. Questionei ao seu prefeito e o preço da carne de boi, fiz o pedido de informação para saber se a carne era com osso ou sem osso. Esse pessoal que está aqui veio a mando do secretário rural e do prefeito, podem me vaiar, mas não me posicionei contra agricultor”, expôs.

Ainda na fala dele, o peemedebista voltou a tocar no saindo da crise do leite e em tom desafiador calou a plateia de agricultores. “Disse que existiam possíveis irregularidades e que deve até comprar mais. Vejam a questão do leite, nunca o prefeito daqui comprou aos produtores locais, nem no governo anterior. Ele comprava leite ao próprio procurador, que teve que ser exonerado. Eu sei quem trabalha, conheço a maioria porque sou produtor. Não tenho medo de pressão e não sou pelego de produtor, estão me vaiando e peço respeito, essa não é a educação do homem do campo”, discursou. As vaias foram suspensas e o edil concluiu o raciocínio.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro