27 de novembro de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

20131127-082425.jpg

O vereador Evandro Silva (PMDB) usou a tribuna da Câmara para reclamar da escolha do relator e presidente da CPI da CGU. Ele criticou e disse que os vereadores foram parciais na votação de Marcelo Gomes para presidente e Romildo Oscar para relator da mesma. Segundo ele, houve mais uma vez a influência do Executivo na indicação dos nomes.

“Isso é um descaramento o que ocorre aqui. Temos apenas um membro de oposição na CPI e esperava pela paridade, o que não houve. Aí veja a incoerência, nas outras duas CPIs os requerentes foram votados e escolhidos presidentes, eu nem fui o relator. Vejam como é o jogo desse Parlamento. Que CPI é essa? É a raposa que vai tomar conta de galinheiro, o que fizerem aqui é até antiético, mas garanto que essa CPI não vai se tornar pizza, esse é o sentimento que fica, já que desde o início o governo não queria que essa Comissão fosse criada”, bradou o vereador na Tribuna.

Ele ainda disse que não vai desanimar com a decisão. “Isso é vergonhoso, podem vir aqui me acusar do que quiser, mas não posso aceitar isso calado. Se eu estava com o botijão de 13 quilos ele vai aumentar ainda mais agora. Não vou prometer nada, mas vamos fazer o possível para que não termine em pizza ou arrumadinho”, disse. A foto é de Vladimir Barreto/Ascom Câmara.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro