10 de dezembro de 2020 às 09h15min - Por Mário Flávio

O resultado final do Prêmio Gestão Escolar será divulgado nesta quinta-feira (10), às 16h30, pelo canal do Youtube da TV Escola (youtube.com/tvescola), e Pernambuco é pura expectativa! Isto porque a Escola Estadual Professora Maria de Menezes Guimarães, situada em Itacuruba, Sertão do Estado, representa o Nordeste na disputa final, junto com outras quatro unidades de ensino do país. A escola concorre ao prêmio com um projeto de inclusão e pluralidade. 

De acordo com a gestora da escola, Tatiany Leal, 83% dos estudantes se autodeclararam indígenas e quilombolas na matrícula deste ano. A maioria deles estuda na Zona Rural da cidade, onde o acesso e sinal de internet não chegam. Pensando nisso, a equipe gestora da unidade de ensino criou o projeto “Te vejo em casa”, que levou aos alunos apostilas de exercícios para que ninguém perdesse os conteúdos passados durante as aulas remotas. Além disso, a escola fechou parceria com a rádio local, Itacuruba FM, e transmitiu o programa “Fala Erem” abordando conteúdos para os estudantes.

“Os trabalhos foram realizados com a ajuda dos professores, família e de toda a comunidade. Sem eles, isso não teria acontecido. Foi um projeto de humanidade, onde conseguimos ultrapassar os limites da tecnologia para fazer acontecer a educação. Esses projetos não consistem somente na proposta pedagógica, mas de acolhimento, pois a maioria desses alunos são carentes e não têm tantos acessos quanto os demais”, frisou Tatiany. 

Ainda segundo ela, a cidade de Itacuruba está numa expectativa imensurável para o resultado. “Estamos confiantes de que vamos ganhar porque desenvolvemos um trabalho diferenciado para uma comunidade diferenciada. Tentamos acolher o máximo de alunos possível durante a pandemia, e alcançamos cerca de 90% deles neste período de isolamento. Já é uma vitória uma escola do sertão pernambucano chegar entre as cinco melhores gestões do país. Estamos explodindo de felicidade”, acrescentou a gestora.  

“Não é possível fazer educação sem a devida valorização da gestão escolar. O Prêmio Gestão Escolar tem essa expertise, enxerga o que faz com que uma gestão seja considerada especial e mereça que suas ações extrapolem os muros da escola. Cada estado decide o tipo de educação que quer ter. O título de Escola Referência Nordeste, recebido pela EREM Maria Menezes, é muito importante para Pernambuco, porque legitima a educação de qualidade garimpada pelo nosso estado”, complementou a coordenadora Estadual do Prêmio Gestão, Janaínna Laetítia.

Realizado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o PGE quer identificar e disseminar práticas inovadoras na gestão escolar; reconhecer e valorizar escolas públicas que se destacam pela gestão competente, participativa e colaborativa; além de valorizar a escola que trabalha como equipe,  com corresponsabilidades na gestão, no ensino, na aprendizagem e na solução de problemas.

Realizado desde 1998, a premiação já recebeu cerca de 40 mil inscrições ao longo de suas edições. Mais de oito milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos diretores das escolas inscritas. Entre os premiados, quatro escolas da Rede Estadual de Pernambuco: Escola Professora Jandira de Andrade Lima (2004); Escola Severino Farias (2005); Escola Luiz Gonzaga Duarte (2006) e Escola Tomé Francisco da Silva (2012). Em 2017, a Escola Dário Gomes, ficou entre as cinco melhores unidades, sendo destaque da região Nordeste.

A edição 2020 tem o patrocínio da Fundação Itaú para Educação e Cultura, e da Unesco. Além disso, conta com a parceria da Bett Educar, British Council, Fundação Roberto Marinho, Fundação Santillana, Instituto Natura, Ministério da Educação, Unicef e Univesp.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro