6 de abril de 2013 às 16h15min - Por Mário Flávio

20130406-161641.jpg

Em entrevista ao programa Conteúdo, o deputado estadual Tony Gel (DEM) soltou o verbo contra a gestão do prefeito Zé Queiroz (PDT). O democrata destacou pontos negativos na saúde e educação. Quando foi indagado sobre o insucesso da campanha de Miriam Lacerda (DEM), que foi derrotada pelo próprio Queiroz com uma vantagem de quase 30 mil votos, o ex-prefeito de Caruaru reconheceu erros na campanha, mas disse que o marqueteiro de Queiroz fez a diferença, com promessas que não poderão serem cumpridas.

O deputado ainda lembrou a barragem de Jucazinho e disse que se não fosse pela luta dele para a realização da obra, o Agreste estaria em colapso. O democrata citou ainda a possibilidade de voltar a disputar um mandato na Câmara Federal, ratificou a intenção de votar em Eduardo Campos para presidente e disse que pode votar em João Lyra (PDT) para o governo de Pernambuco.

Mas a maior surpresa foi a declaração que no início da vida pública ele teria recebido um convite de Zé Queiroz para fazer parte do grupo liderado pelo pedetista. Gel disse que não aceitou pelo fato de não ver a verdade nos olhos de Queiroz. Abaixo a entrevista completa que teve ainda a participação do jornalista Johnny Pequeno e do analista político Mário Benning.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro