25 de agosto de 2013 às 09h25min - Por Mário Flávio

20130825-024717.jpg

Suplente do senador Armando Monteiro (PTB), o empresário Douglas Cintra é um dos organizadores do encontro regional do PTB que será realizado na sexta-feira, 30 de agosto, em Caruaru. Junto com o presidente do diretório do partido no município, Marco Casé, Cintra também é um dos principais aliados do prefeito do município, Zé Queiroz (PDT) e exerce influência política considerável nas base da Frente Popular em Caruaru. Em entrevista ao Blog do Mário Flávio, a pauta foi justamente a importância do encontro da legenda na Capital do Agreste, como isso se relaciona ao fortalecimento do nome de Armando para as eleições de 2014 e se ele ele avalia que o evento já seria um ponto de partida para discutir um nome caruaruense para disputar uma vaga para deputado estadual ou federal pela legenda. Confira.

Qual sua expectativa para o encontro do PTB em Caruaru nas próxima semana?

Uma expectativa bastante positiva, temos muitas confirmações, sobretudo a união de um grupo que acredita que nosso partido tem se fortalecido cada vez mais e esse fortalecimento é bom para o estado e para a região. Esse trabalho em conjunto obviamente tem um destaque especial pela liderança do nosso senador Armando Monteiro Neto. As pessoas estão sendo contactadas, além de confirmarem a presença ficam felizes de poderem estar presentes na cidade de Caruaru, famosa por receber bem os visitantes, seja no São João ou em qualquer outra época do ano.

Entrevistamos Marco Casé e Armando Monteiro e os dois frisaram que esse evento é uma forma de também homenagear a sua figura enquanto suplente do senador. Qual sua avaliação sobre essa colocação?

Só posso ficar feliz pelas palavras deles. Mas, sobretudo acredito que seja um reconhecimento ao tamanho que o PTB tem ganhado em Pernambuco. A liderança de Armando tem crescido; e não é Armando, é o que ele prega, o que ele está trabalhando, é a mudança que precisamos ter em nós mesmos e em nossa cultura de querer progredir, de investir mais nas empresas, de valorizar o pequeno e grande empresário, todos os que contribuem produtivamente, assim como o trabalhador, e valorizar toda a infraestrutura que precisa acontecer para que nossa região continue a crescer. É esse discurso que faz com que as pessoas estejam próximas e queiram participar de um evento como esse.

Sempre que há o planejamento para esses eventos, seja de qualquer partido, surgem especulações. No caso deste encontro, comentou-se que poderia ser um “start”da articulação regional de Armando Monteiro para sua candidatura ao governo do estado em 2014. Ele já negou isso, mas e o senhor, acredita que se esteja colocando o carro na frente dos bois?

O comentário é natural. Estamos em 2013 e há um longo caminho até o ano que vem. Armando está muito mais preocupado com o presente, em mostrar pra que ele foi eleito, em contribuir como senador e o que nós queremos é que o fortalecimento do PTB e do nome de Armando sejam referência, mas não nesse momento em estar se falando em eleição do ano que vem. Óbvio que pelo histórico que ele tem, é sempre citado como potencial candidato e disso a gente não pode deixar de comentar. Mas é importante frisar que não é esse o objetivo do evento, e sim o que ele assumiu de compromisso quando foi eleito senador: de trabalhar pela região e pelo estado de Pernambuco. É esse o compromisso de Armando e o nosso também.

Também surgiram questionamentos sobre a possibilidade de o prefeito de Caruaru, Zé Queiroz, participar ou não do evento [o que serviria para instigar as cogitações sobre Queiroz apoiar Armando ou um outro candidato indicado por Eduardo Campos em 2014]. O senhor considera um equívoco cogitar a participação do prefeito no encontro, mesmo ele representando a Frente Popular na cidade?

Não é relevante se ele estiver presente ou não. É um evento partidário, mas temos um trabalho em Pernambuco de vários partidos em conjunto, e podemos ter pessoas do PTB em eventos do PT ou PSB, e de todo esse grupo que compõe o comando do estado de Pernambuco. Pra mim é natural tanto que ele vá, ou que não vá. É importante frisar que não é um evento organizado pelo prefeito Queiroz, ou PDT, é um evento do PTB de Pernambuco em Caruaru, organizado por mim, por Marco Casé e pelos dois vereadores do partido em nossa cidade, Cecílio Pedro e Ranilson Ramos.

E como o senhor avalia essa atual bancada do PTB na Câmara Municipal de Caruaru?

Temos dois vereadores, cada um com suas características, mas com ações voltadas para o atendimento de suas comunidades, e são reconhecidos por isso. Tanto é que sempre foram bem votados. Mas, não só eles, temos várias lideranças aqui em Caruaru que representam o partido e que querem ver o desenvolvimento da região Agreste e de Caruaru.

Nesse encontro também haverá espaço para discutir a possibilidade de uma candidatura a deputado estadual ou federal representando Caruaru, com Marco Casé entre as apostas, por exemplo?

Temos algumas lideranças fortes, não só em Caruaru, mas na região. Esse encontro tem o sentido de fortalecer as chapas proporcionais para deputado estadual e federal na região para o ano que vem. Queremos construir nomes que possam fortalecer a chapa como um todo. Esses nomes, como o de Marco Casé, ou qualquer um outro, deverão chegar por consenso, em um trabalho com o conjunto político, nada que seja de repente. O que nos deixa felizes é poder com pessoas que faça parte desse projeto, mas que não necessariamente sejam candidatos para poderem contribuir com o crescimento de Pernambuco.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro