29 de abril de 2014 às 10h21min - Por Mário Flávio

20140429-102230.jpg

Em meio ao debate sobre o desfile das Drilhas os empresários não chegaram a acordo com a prefeitura de Caruaru e pela primeira, após vários anos, podem não sair esse ano. O motivo é o local do desfile. Devido a obra de requalificação da Avenida Agamenon Magalhães a Fundação de Cultura não quer mais o desfile na principal via da cidade. A ideia é que o trio elétrico e os forrozeiros saiam por outra avenida como a Joaquim Nabuco ou Visconde de Inhaúma. Mas a sugestão não agrada aos empresários que ameaçam cancelar os desfiles.

O empresário Fred Gomes foi enfático. “Esse modelo apresentado pela prefeitura de Caruaru devido a obra. Mas todas os locais sugeridos pela prefeitura não apresentam condições de existir o desfile, principalmente por questões de segurança e comercial. A Polícia já disse de imediato que não tem como fazer a segurança nesses locais sugeridos pela prefeitura. Se fosse para decidir hoje não iríamos ter desfile, mas vamos ter uma semana para tomar a decisão e esperamos que até lá possamos resolver esse impasse”, disse.

Os empresarial levantaram questionamentos ainda sobre a caminhada do ICIA, Parada Gay e o Desfile do Sete de Setembro, que são realizados na Avenida.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro