26 de julho de 2013 às 16h25min - Por Mário Flávio

Odon Ferreira

O Prefeito da cidade de Toritama, Odon Ferreira (PSB) e a vice-prefeita Lúcia Pereira (PSDB) rebateram críticas à atual administração feitas pelo ex-prefeito Flávio Lima (PSD) semana passada, durante entrevista na rádio Líder, na quinta (25).

No contexto

Em Toritama, ex-prefeito Flávio Lima foi hostilizado por populares após entrevista e precisou de escolta da PM

O prefeito disse que foi preciso decretar a calamidade administrativa a fim de solicitar verbas com urgência para o município. Ele garantiu que não haverá problemas com dívidas de convênios e que na atual gestão houve negociação. Ele também foi questionado sobre uma obra de asfaltamento no município, que segundo Flávio Lima, viria na gestão passada, o que não ocorreu devido a impasses com convênios. Segundo Flávio, a prefeitura poderia solicitar agora as verbas para o serviço. No entanto, Odon disse desconhecer isso e que nada foi deixado na Secretaria de transportes do Estado, mas que havia solicitado já em 2013 verbas para realizar obra similar na cidade.

Ele também falou sobre a necessidade de enxugar a máquina. “Assumi o compromisso de pagar um salário mínimo a todo funcionário, coisa que não acontecia até o mandato anterior e, por tomar esta decisão, a folha extrapolou, mas será feito o possível para que as coisas cheguem ao normal”, explicou. Contudo, ele também foi indagado sobre o fato de que, mesmo tendo declarado estado de calamidade administrativa, continuou a contratar pessoas para os quadros da gestão. “Foi preciso, pois precisava daquele pessoal trabalhando pela cidade, mas tudo foi feito com responsabilidade”, acrescentou.

Ele ainda alfinetou Flávio: “Não vim à emissora para falar mal de ninguém e sim esclarecer as ações do governo municipal. Não é ético ir aos meios de comunicações falar mal das pessoas, das famílias e do lado pessoal, até porque todos tem suas qualidades e seus defeitos”. Na semana passada, quando o ex-prefeito deu entrevista, a repercussão foi tão grande que populares se concentraram em frente à emissora e protestaram contra Flávio, que precisou pedir ser acompanhado pela Polícia Militar na saída da rádio.

Com informações de Wendell Galdino


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro