16 de outubro de 2013 às 22h04min - Por Mário Flávio

Do blog de Ney Lima

O ex-prefeito de Taquaritinga do Norte, Jânio Arruda, foi condenado a quatro anos e seis meses de detenção, em regime semiaberto, com a perda dos direitos políticos pelos próximos cinco anos. Na decisão, foi indicada a Penitenciária Regional do Agreste, em Canhotinho, para o cumprimento da pena.

A sentença foi decretada pelo juiz da comarca da Taquaritinga, Rommel Silva Patriota, na tarde de segunda-feira (14) e publicada nesta quarta-feira (16). A denúncia do MP se refere à doação de alimentos, remédios, custeamento de tratamentos médicos, doação irregular de terrenos públicos e tijolos que ocorreram na época em que Jânio Arruda era prefeito, entre 1996 e 2000, sem permissão legal.

Durante o processo, o juiz ouviu testemunhas o e o Ministério Público apresentou provas que comprovariam a atividade ilícita.

Por telefone, Jânio Arruda afirmou que ainda não foi comunicado oficialmente sobre a decisão da justiça, mas antecipou que deve recorrer da decisão em liberdade.

O ex-prefeito disse estar tranquilo e confiante em reverter o quadro, entendendo que existem várias jurisprudências em seu favor, em casos semelhantes, no Tribunal de Justiça de Pernambuco.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro