12 de janeiro de 2014 às 23h32min - Por Mário Flávio

Do blog de Jamildo

Presidente do PSDB em Pernambuco, o deputado federal Sérgio Guerra utilizou uma nota para rebater o artigo do deputado estadual Betinho Gomes, também tucano, publicado pelo Blog de Jamildo neste domingo (12), que propunha a revisão da aliança da legenda com o PSB após as declarações do presidente nacional do partido e presidenciável, Aécio Neves, de que os tucanos poderiam lançar o líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Daniel Coelho, como candidato a governador.

Segundo o deputado federal, “não há dissonância entre a aliança do PSDB e o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, com o presidente nacional da legenda, senador Aécio Neves”. Na nota, ele também afirma que a aliança ainda não envolve o lançamento de candidaturas e que os dois partidos devem dialogar levando em consideração os palanques no Estado e em Minas Gerais, terra de Aécio.

A candidatura de Daniel ao governo era defendida por alguns setores do PSDB, inclusive por Betinho, para se contrapor a candidatura do Palácio Campo das Princesas. Com o anúncio da união entre as duas legendas, feito por Sérgio Guerra no final de 2013, a opção foi tida como abortada. Em entrevista à Rádio JC News, o próprio Coelho afirmou que deve disputar uma vaga de deputado federal nas eleições de outubro próximo.

Betinho renunciou ao cargo de secretário-geral do PSDB pernambucano após a entrada do partido no governo. O imbróglio surgiu, principalmente, porque Guerra fez o anúncio à imprensa antes de comunicar às lidernças tucanas de oposição. No início deste ano, Murilo Guerra assumiu a Secretaria do Trabalho e Caio Mello o comando do Detran, na reforma no secretariado realizada pelo governador Eduardo Campos (PSB).

Leia a nota divulgada pela Direção do PSDB:

O PSDB de Pernambuco, através de seu presidente deputado federal Sérgio Guerra, esclarece que não há dissonância entre a aliança do PSDB e o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, com o presidente nacional da legenda, senador Aécio Neves (MG), pois no momento tal parceria não passou por discussão sobre formação de chapa ou de candidaturas.

Nem caberia o tema neste momento. Essa é uma matéria a ser tratada no futuro.

Em momento oportuno, essa questão será discutida entre os dois partidos de forma a não criar dificuldades em Minas e em Pernambuco.

Para finalizar, a posição adotada pela diretoria estadual do PSDB-PE está em total sintonia com o diretório nacional do partido.

Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro