11 de dezembro de 2012 às 18h55min - Por Mário Flávio

O senador Humberto Costa (PT) negou, por meio de nota enviada nesta terça-feira (11), ter recebido recursos do empresário Marcos Valério para sua campanha em 2002. Na íntegra, segue abaixo a nota enviada pela assessoria do senador:

No contexto

Joaquim Barbosa defende investigação de declarações de Marcos Valério

Em nota, Rui Falcão defende PT e rebate acusações contra Lula

NOTA DO SENADOR HUMBERTO COSTA

O Senador Humberto Costa esclarece:
– as contas de todas as suas campanhas, inclusive aquelas relativas à eleição de 2002, são de acesso público e foram devidamente aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE/PE), onde qualquer cidadão pode saber sobre a origem e a destinação dos recursos usados por Humberto Costa nas suas disputas eleitorais;

– especificamente quanto à campanha de 2002, a participação de Humberto Costa naquele pleito eleitoral se encerrou sem nenhuma pendência, com todas as dívidas quitadas por meio do uso de recursos de origem legítima, conforme informado ao TRE/PE;
– o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Correios em nenhum momento cita o nome deHumberto Costa;

– também no processo em julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), a Ação Penal 470, não há qualquer referência a Humberto Costa.

Portanto, o Senador Humberto Costa refuta qualquer tentativa de envolvimento do seu nome com qualquer irregularidade que seja. E se coloca à disposição para contestar, por meio das suas prestações de contas, acusações absolutamente infundadas, como é o caso.

Assessoria de Imprensa


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro