8 de dezembro de 2013 às 18h41min - Por Mário Flávio

20131208-184102.jpg

O jogo nos primeiros minutos não foi lá uma pintura, mas desde o início o Central mostrou ser um time mais consistente e procurou mais o gol que o Porto.

O time investia sempre com Tallys e Jonathan Goiano, com rápidos contra-ataques. No meio o destaque foi para Fernando Pires. Não perdeu praticamente nenhuma jogada; Algumas figuras bem apagadas como é o caso do volante Jefferson pelo Central e Jefferson Renan no Gavião.

Diante de um jogo abaixo do que se esperava, o meia Tallys mostrou que tem habilidade de sobra. Ele fez um golaço e colocou o Central na frente. O gol saiu no apagar das luzes no primeiro tempo e a torcida ficou empolgada.

Veio o segundo tempo e ficou visível que as duas equipes ainda buscam o entrosamento. Passes errados, jogadas sem atenção e muitas vezes falta de ritmo prejudicaram aos dois times.

Tirando uma chances ou outra perdida pelo Central, o que se viu foi um jogo apático. Até os 44 minutos do segundo tempo o goleiro da Patativa era um meto telespectador, mas Jefinho entrou na cara do gol ele fez uma boa defesa.

O castigo do central veio na sequencia, com Guego subindo livre e empatando a partida. O resultado não agradou a nenhuma das equipes e mostrou que ambas precisam melhorar. Ainda hoje a análise dos melhores e piores do jogo.

4072 50 mil reais


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro