7 de junho de 2013 às 10h24min - Por Mário Flávio

Em nota divulgada à imprensa o presidente do Democratas de Catende, Erivaldo Melo, que também é advogado da família da vítima, utilizou termos duros para se manifestar a respeito do assassinato do vereador Marcos Animal (PRP). O democrata disse que a morte do vereador foi “um ato mafioso e covarde”. Na mesma nota o advogado declara ainda que “O prefeito Otacílio Cordeiro (PSB) demonstrou ser uma pessoa sem sensibilidade moral, que sequer respeitou a dor da família. Segue a íntegra da nota:

NOTA OFICIAL – O partido Democratas vem comunicar ao povo de Catende sua indignação e repúdio ao assassinato do vereador Marcos Antônio Santos do Nascimento perpetrado na noite de quarta-feira. Marcos, que vinha nos últimos seis meses demonstrando ser um combativo parlamentar e leal companheiro de oposição ao atual governo do município, estava brilhantemente desenvolvendo o seu primeiro mandato, fiscalizando a gestão municipal.

Fiquem certos que apesar da perda do jovem parlamentar a oposição não vai se calar. Continuará, mesmo de luto, com a luta. O preço aos que tiveram tamanho atrevimento será cobrado à altura de sua ousadia. Iremos onde for preciso para que sejam punidos os que praticaram um ato mafioso e covarde, contra uma pessoa que estava apenas cumprindo o seu papel. E se queriam intimidar, falharam, não irão estabelecer na cidade uma “ormetá”, uma lei do silêncio, não aceitaremos que a atividade política seja transformada em “cosa nostra”, em máfia. Não temos medo, temos nojo, muito nojo de quem tira a vida do semelhante para impor suas opiniões, para defender seus interesses egoísticos, para encobrir seus crimes.

O prefeito da cidade, Senhor Otacílio Cordeiro, demonstrou ser uma pessoa sem sensibilidade moral, que sequer respeitou a dor da família, um homem que já suspendeu aulas porque faleceu o sogro do seu filho, ignorou a morte do vereador e a morte de um vereador é um desafio brutal a um poder constituído, uma ofensa grave a democracia, no caso ao Poder Legislativo, ainda mais, praticado em frente à Câmara Municipal, logo após o mesmo ter cumprindo com seu dever.

Que o governador Eduardo Campos determine à Polícia Civil uma investigação rigorosa e que todos os culpados, sem exceção, sejam severamente punidos. À família de Marcos os nossos sinceros sentimentos. Sabemos que não há palavras que possam aplacar a dor sentida nesta trágica ocasião. Fiquem certos, contudo, de que Marcos jamais será esquecido.

Catende, 07 de junho de 2013. Erivaldo Melo – Presidente Municipal do Democratas


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro