30 de agosto de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio
Segundo o democrata, o projeto deveria ter sido votado. A imagem é de Antônio Valdevino

Louro do Juá pediu vistas ao projeto da LDO – Foto: Antônio Valdevino

Apesar de uma reunião ordinária e uma audiência pública para explicar detalhes sobre o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2014 em Caruaru, sua votação foi adiada na noite dessa quinta (29), durante reunião na Câmara Municipal. O motivo foi um pedido de vista do vereador Louro do Juá (DEM), em nome da bancada de oposição, para que se analisasse melhor o conteúdo do documento. O projeto será votado no sábado (31), data limite para apreciá-lo, em reunião extraordinária, às 16h.

Presentes na galeria da Casa, professores que mais uma vez realizavam protesto, não perderam a chance de provocação. “É bom pra não fazerem feito a votação do PCC”, gritou um deles, quando o presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD) comunicou que o projeto seria retirado de pauta. Segundo Louro, ele também queria analisar individualmente os detalhes sobre o projeto, o que não teria sido possível devido a uma falha em um arquivo de gravação repassado para cada vereador.

“Na verdade, a Casa entregou a nós vereadores uma gravação via CD, mas quando abri não havia nada, outros vereadores relataram o mesmo. Sentimos dificuldade à leitura do projeto, enquanto a gravação continha todo o histórico da LDO e serviria para nos auxiliar. Junto com nossa bancada de oposição, com sinalização positiva do líder [Val], pedimos vistas ao projeto. O último dia é sábado, se fosse domingo viríamos . Eu estive na primeira reunião com a presença do presidente da Cespam, a explicação foi boa, mas tive dúvidas, pois é preciso estudar bem as prioridades para investimentos. Nós temos o poder de colocar algo mais emergencial como prioridade. Não vamos atrapalhar em nada, queremos apenas enriquecer esse projeto, com a possibilidade de emendas”, explicou o democrata.

Para Leonardo Chaves, “Trouxemos o Bernardo Barbosa, que é assessor contábil da prefeitura e da Câmara Municipal, em uma reunião ordinária para que todos ouvissem a explanação. Pedimos ao presidente da Comissão de Finanças, Lula Tôrres (PR), que fosse realizada uma audiência pública para que tanto vereadores, quanto a população, tomassem conhecimento da LDO. Alguns vereadores acharam que isso não foi suficiente e não quiseram votar. Então marcamos essa nova reunião, para que haja tempo para reanalisar o projeto”, explicou Leonardo, que também confirmou que alguns edis constataram que havia problemas na gravação repassada.

Vale ressaltar, no entanto, que de acordo com o Estatuto das Cidades, a LDO teria que passar por três audiências públicas, para que pudesse ser discutida com a população. Conforme Louro do Juá, ressaltou, a proposta da LDO também poderá receber emendas parlamentares.

Conheça parte das prioridades levantadas no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para Caruaru em 2014

Saiba quais as prioridades da gestão Zé Queiroz para 2014, segundo a LDO, em Cultura, Saúde e Segurança

Nos Transportes, metas incluem ampliação de terminais rodoviários e no efetivo de agentes de trânsito em Caruaru

Na Educação, projeto de LDO projeta agilizar uso de recursos e reequipar unidades educacionais em Caruaru


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro