18 de abril de 2014 às 10h24min - Por Mário Flávio

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Saúde reitera que não recebeu, até a presente data, o termo de fiscalização emitido, assinado e protocolado pelo CREMEPE. A Secretaria tem todo interesse em dialogar com o Conselho e aguarda o envio oficial da documentação. O prédio onde funciona a parte administrativa do SAMU está passando por reformas e sendo custeada por verbas dos governos Municipal, Estadual e Federal. A paralisação temporária se deve ao fato que a contra-partida do Estado não foi efetuada. A Secretaria de Saúde entrou em contato com o Estado, resolveu a pendência, e as obras serão retomadas nesta próxima terça-feira (22). A prefeitura esclarece que a reforma não está interferindo no atendimento do SAMU e tranquiliza a população informando que o serviço continuará funcionando normalmente.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro