24 de setembro de 2013 às 14h35min - Por Mário Flávio

20130924-145016.jpg

Reportagem: Ana Rebeca Passos

Nesta segunda feira (24), a jovem Amanda Rafaela da Silva, de 18 anos, deu entrada na UPA estadual em Caruaru, por volta de 23h15, com fortes dores abdominais. Segundo informações repassadas pela unidade a nossa equipe de reportagem, Amanda passou por exames, nos quais, foi diagnosticado o início de uma gestação, ela foi medicada e liberada. De acordo com a mãe dela, Ivonete Maria da Silva, por volta das duas e meia da manhã o médico teria dado alta a paciente, apesar dela continuar sentido fortes dores. “Ela ainda estava muito mal, sentido muitas dores, tanto é que saiu em uma cadeira de rodas do hospital. Não entendo porque ele liberou”, diz. Ivonete informou também que o médico deu alta alegando que as dores que a paciente sentia eram comuns em uma gravidez.

Por telefone, o diretor da UPA, Edmílson Henault, ate o momento não se sabe a causa da morte da menina. “Não temos maiores informações. Inclusive estamos solicitando do SAMU que fez o socorro dela na residência maiores detalhes, e do Serviço de Verificação de Óbito. Então não sabemos exatamente o motivo da causa morte e nem porque ela não retornou a essa unidade ou a outra, tendo em vista que ela ficou aqui por volta de três horas, foi atendida e medicada, realizou exames e saiu daqui com alívio de seus sintomas. Vamos tomar mais conhecimentos sobre o caso, e quando tivermos, passaremos a imprensa”, disse.

Apos ser liberada da Upa, jovem foi orientada a procurar encaminhamento médico e realizar novos exames para gravidez. Segundo informações da mãe de Amanda Rafaela, a jovem faleceu por volta de 6h. Foto: Reprodução/ TV Asa Branca.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro