1 de setembro de 2013 às 11h25min - Por Mário Flávio
Rayann Santos

Presidente da JDEM, Rayann estuda implantar monitoramento digital em Caruaru

Em tempos de estratégias de comunicação em mídias digitais, partidos políticos em Caruaru ainda precisam despertar para a interação com os eleitores internautas, sobretudo através das redes sociais. Nesse contexto, sobra para as juventudes partidárias a tarefa de desenvolver ações de diálogo na internet. É o caso das juventudes do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Democratas (DEM), ainda que demonstrem necessidade de algum amadurecimento nessas atividades.

No contexto

Em Caruaru, políticos admitem que partidos não possuem comunicação nas redes sociais

Os jovens Cleyton Feitosa e Elida Rouxinol integram a Juventude do PT na Capital do Agreste e fazem parte da equipe que atualiza o perfil do setor jovem da legenda no Facebook. Na verdade, os militantes reforçam que essas ações compreendem a juventude do partido, e não o diretório em si, algo compreensível, já que isso prevê conteúdo segmentado e ainda devido ao fato de que o diretório municipal ainda não possui uma agenda de ações relacionada a comunicação em rede sociais.

“Pretendemos dialogar com os jovens, pois a internet consegue chegar a várias pessoas, além de ser democrática. Há várias atividades que pretendemos fazer no ambiente on line, a partir da realização da Roda de Diálogo da Juventude do PT “Voz nas Ruas” [ocorrida no dia 24 de agosto]. Queremos que isso faça parte do nosso debate”, explicou Elida.

Com pouco mais de 800 amigos, o perfil ficou sem novas atualizações durante algum tempo, mas atualmente rende postagem semanais regulares. “Fazia um bom tempo que o perfil existia, mas que era pouco atualizado, não havia um motivo específico para isso, era mais uma questão de organização. Recentemente ficamos em um debate entre quem administraria o perfil, mas chegamos a um entendimento de que faríamos uma gestão compartilhada, para que todos tivessem espaço para produzir conteúdo”, explicou Cleyton, ressaltando que o perfil tem o objetivo de publicar questões relacionadas às ações da Juventude do PT.

Por outro lado, no caso deles ainda se precisa avaliar a necessidade de investir ou não em outras redes sociais, ou avaliar a estratégia de manter um perfil pessoal para ações do grupo, em vez de uma fan page, ferramenta claramente voltada para empresas, instituições e entidades. “As ideias vão surgindo aos poucos, como o perfil já existia, a ideia foi reativá-lo. Por enquanto estamos utilizando o perfil pessoal e vamos avaliar a necessidade de lançar uma fan page”, justificou Cleyton. Fora isso, falta ainda a eleição para o secretário da Juventude do PT na cidade, após a escolha, deve haver indicação de quem vai administrar as ações da Juventude do PT e como as ações serão trabalhadas em 2014.

DEM

Por sua vez, o presidente da Juventude Municipal do Democratas, Rayann Santos, explicou ao blog que ação desse setor do partido, também concentrada no Facebook, estimula o diálogo com eleitores jovens. “Desde 2011, quando assumimos a juventude, desenvolvemos um trabalho importante nas redes sociais, integrado com outras juventudes, como a própria Frente Jovem de Oposição, que fez um trabalho brilhante nas eleições de 2012. Em nossos perfis, a gente passa um bom tempo on line, abrimos o chat para conversar com nossos seguidores, além de regularmente convidarmos nossos amigos e seguidores nas redes sociais para eventos que realizamos”, explicou.

O perfil tem pouco mais de mil amigos e, em paralelo, as ações da JDEM no twitter acabam se concentrando no perfil da Onda Jovem, movimento criado pelo setor do partido. No entanto, segundo Rayann, a Onda tem um trabalho restrito ao período eleitoral, integrando-se com juventudes partidárias de outras legendas de oposição. “É preciso que haja esclarecimento. A Onda Jovem só funciona no período eleitoral. Fora desse período, o trabalho se restringe aos partidos. Também tínhamos um blog, mas depois das eleições, foi necessário passar por um período de reestruturação e devemos apresentar novidades mais pra frente”, acrescentou.

Ainda segundo Rayann, é preciso que os demais partidos da bancada de oposição invistam estratégias de mídias digitais, apesar de que a atuação da juventude do partido reflete que esta é uma linha de trabalho independente das ações do Diretório Municipal, como o próprio presidente local, deputado estadual Tony Gel, já havia dito ao blog.”Tanto o diretório local, quanto em nível estadual e nacional, incentivam a participação de jovens”, justificou Rayann.

Por outro lado, a JDEM estuda lançar uma plataforma de monitoramento digital para fiscalizar o governo municipal, aos moldes do sistema Monitora Recife, idealizado pela vereadora Priscila Krause. “É algo novo para a região, que serviria para fiscalizar ações da prefeitura em um ambiente on line, mas por ser complexo, ainda estamos analisando sua viabilidade”, completou.

OUTRAS INICIATIVAS

Além das juventudes do PT e DEM na Capital do Agreste, o PSD Jovem também tem investido em interação com usuários do Facebook, através de uma fan page. Ainda com poucos seguidores, os organizadores da página mantêm uma atualização semanal regular principalmente na divulgação de ações do grupo e de notícias sobre a atuação PSD em níveis local, estadual e nacional.

Juventude do PT - Cleyton Feitosa e Élida Rouxinol

Cleyton e Élida apostam em ações de participação através de perfil da JPT


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro