12 de fevereiro de 2014 às 07h25min - Por Mário Flávio

20140211-233442.jpg

A próxima tarefa dos advogados que compõem a bancada defesa dos dez vereadores de Caruaru investigados pelo Operação Ponto Final, é fazer com que eles retornem aos seus cargos legislativos o quanto antes. A defesa entrou com um pedido de apelação junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco e espera pela decisão da corte. No entanto, na opinião do advogado Emerson Leônidas, os parlamentares já deveriam ter voltado aos trabalhos.

“Nós vamos agora continuar lutando pela reintegração, que também é outra punição antecipada, deles no cargo de vereadores. Eles já deveriam estar no cargo de vereador e vamos tentar depois explicar o que está acontecendo por trás de tudo isso porque é um regime que realmente lembra as épocas difíceis da ditadura, situações inaceitáveis”, disse o advogado.

Os dez vereadores permanecem afastados dos cargos legislativos por decisão do juiz da Vara da Fazenda de Caruaru, José Fernando dos Santos Souza, após sentença em ação cautelar sobre o afastamento por 180 dias. Segundo o magistrado a decisão de afastar os parlamentares está mantida e caso a Câmara descumpra a decisão, sofrerá uma multa de R$ 100 mil reais por dia.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro