30 de abril de 2015 às 03h09min - Por Mário Flávio

  
Haverá segundo turno nas Eleições 2015 para a Reitoria da UFPE no dia 13 de maio. Os dois candidatos mais votados nesta quarta-feira (29) e que disputarão o segundo turno são o atual reitor Anísio Brasileiro (Departamento de Engenharia Civil) e Edilson Fernandes (Departamento de Educação Física), que obtiveram 5.785 votos (44,51% dos votos apurados) e 3.819 votos (22,83%) até as 23h30 de hoje (29), quando o sistema de apuração contabilizava 15.456 votos, representando 95% dos votos apurados.

Após todo um dia de votação marcado pela tranquilidade nos três campi da UFPE, o resultado foi anunciado pela presidente da Comissão Eleitoral, professora Glória Widmer, no Auditório João Alfredo, na Reitoria. A finalização da apuração ocorrerá nesta quinta-feira, quando forem apurados os votos das urnas manuais que precisaram ser utilizadas no processo eleitoral.

Os demais candidatos foram Daniel Rodrigues, que ficou com 2.988 votos (15,09% dos votos apurados); Diogo Simões, 1.741 votos (9,98%), e Maria José Luna, 757 votos (4,45%). Haviam sido registrados, até aquele momento, 217 votos nulos (1,97%) e 149 votos em branco (1,18%).

Anísio conseguiu neste primeiro turno 1.039 votos entre os docentes, 1.082 votos entre os técnicos administrativos e 3.664 entre os alunos. Já Edilson conseguiu 188 votos de docentes, 835 votos de técnicos administrativos e 2.796 votos de alunos. Cada segmento representa um terço dos votos. Estavam aptos a votar 43.958 eleitores, sendo 2.438 docentes do Magistério Superior e do Colégio de Aplicação, em efetivo exercício; 4.617 técnicos administrativos do quadro permanente, em efetivo exercício; e 36.903 alunos dos cursos de graduação (presencial e do ensino a distância), pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) e dos programas de residência.

A votação obtida por cada candidato por segmento está detalhada no hotsite das Eleições. Também estão disponíveis informações detalhadas por seção eleitoral e por local de votação.

SEGUNDO TURNO – Na consulta em segundo turno com os dois candidatos mais votados, será considerado vencedor o candidato que obtiver maior número de votos válidos. Estas eleições ocorrerão no mesmo formato do primeiro turno.

Proclamado o resultado final da consulta e julgados todos os recursos pendentes, a Comissão Eleitoral elaborará um relatório final com a lista com até três nomes para cada cargo, de reitor e vice-reitor, na ordem decrescente do número de votos obtidos, ponderados individualmente, para a elaboração da lista tríplice pelo Colégio Eleitoral Especial. Esse relatório final será encaminhado ao presidente do Colégio Eleitoral Especial, constituído pelo Conselho Universitário. Ao final de todo o processo, o resultado da consulta, com a lista tríplice, será encaminhado ao Ministério da Educação para a nomeação do novo reitor.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro