17 de outubro de 2013 às 20h53min - Por Mário Flávio

20131017-204943.jpg

A desorganização marca o início da votação para eleger o novo presidente do Central. Sócios beneméritos e patrimoniais estavam sendo impedidos de votar por não estarem com os nomes na lista. De última hora um acordo foi feito entre as três chapas para que pessoas com décadas de serviços prestados ao clube possam exercer o direito ao voto. Após muito disse-e-me-disse sócios como dona Natália Maria e Silva (foto abaixo), de 85 anos, só votou depois de um longo tempo de espera.

De acordo com o representante da OAB/Caruaru, João Américo (foto acima), a falta de clareza nas regras do pleito prejudicou essa questão. “Não temos um edital explicando os casos excepcionais, que contemplam as situações dos beneméritos e patrimoniais. Tivemos um acordo de última hora para que possamos viabilizar que essas pessoas votem. Houve falta de organização por parte da diretoria”, disse.

20131017-205231.jpg


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro