28 de março de 2012 às 22h28min - Por Mário Flávio

Hoje a tarde acompanhei de perto a visita do governador Eduardo Campos as cidades de Cachoeirinha e Lajedo. Nos palanques montados nas duas cidades chamaram atenção pela quantidade de rivais políticos, que nas cidades são aliados do socialista. Um exemplo disso aconteceu na cidade de Cachoeirinha, quando estavam de um lado Esmar e do outro o atual prefeito Beto, que foram rivais na eleição de 2008 e podem repetir a dose no pleito que se aproxima. No discurso, Eduardo lembrou o dia de ontem, quando esteve em Brasília para solicitar um empréstimo ao Banco Mundial.

“Estive em Brasília e cumpri extensa agenda. Visitei os senadores vitoriosos da nossa campanha, Armando Monteiro e Humberto Costa, mas fiz questão de conversar com o senador Jarbas Vasconcelos, meu adversário na campanha passada. A luta era por Pernambuco e acima de tudo devem estar os interesses dos pernambucanos, aquela velha prática do passado de agressões, arengas e coisas miúdas está fora de moda, temos que olhar para a frente”, disse o socialista.

Noutro momento do discurso o governador citou a recuperação do ex-presidente Lula. “Na semana passada tive um encontro com o presidente Lula, ele me mostrou otimismo e hoje veio a confirmação da cura de um brasileiro, que ajudou tantos pobres no Nordeste de Pernambuco”. O governador ainda falou sobre a importância da chegada da água para o estado de Pernambuco. “O dia de hoje é para comemorar a chegada dessas obras. Desde que estive aqui em 2006, senti o desejo de mudança. Parecia que existia um bloqueio no interior, uma juventude descrente, mas com o nosso conjunto buscamos parcerias para mudar essa realidade. Fui o único governador a ir a todos as cidades de Pernambuco. O maior entrave para o desenvolvimento de Pernambuco era água e hoje essa realidade mudou. A água era um gargalo, um problema para todos e no agreste era um entrave e necessário muito dinheiro para resolver isso, se fosse fácil, antes de mim teriam resolvido, mas não estou aqui para colocar a culpa em ninguém, temos que resolver os problemas e deixar o passado para trás”, ponderou.

Com o novo sistema de abastecimento, Cachoerinha, que passava até 60 dias sem receber água, sai da lista de racionamento. Foram construídas uma estação de tratamento de água (ETA), quatro estações elevatórias, três reservatórios e uma adutora com extensão total de 38 quilômetros. As cidades vizinhas Agrestina, Altinho e Ibirajuba também foram beneficiadas pelas obras. No total, foram investidos R$ 21,6 milhões em recursos dos governos estadual e federal. Também foi inaugurada uma academia das cidades.

LAJEDO – Na presença de centenas de agricultores rurais que lotaram o Clube Resplendor, o governador Eduardo Campos entregou títulos de propriedade de terra a mil agricultores de 19 municípios do Agreste Meridional. A ação, que contou com R$ 595 mil em investimentos, faz parte de um convênio celebrado entre o Governo de Pernambuco e o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

 

Eduardo não quer mais baixarias nas campanhas pelo interior. Imagem: Paulo Roberto


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro