28 de março de 2012 às 13h15min - Por Mário Flávio
Adolfo José

No próximo sábado (31) os vereadores do PSD em Caruaru se juntam às demais lideranças regionais do novo partido no encontro estadual da sigla em Recife. Na pauta de discussões, entrarão em pauta esclarecimentos sobre as metas do PSD para as eleições municipais em 2012 em todo o país e para o grupo de Caruaru, isso significa discutir como o partido pode maior participação na chapa da Frente Popular. No encontro, estarão presentes lideranças estaduais, como o presidente do partido em Pernambuco, André de Paula, e o líder nacional, Gilberto Kassab.

Líder do governo e do PSD na cidade, o vereador Adolfo José considera que a preocupação deve ser entender o que Kassab quer exatamente para a sigla em Pernambuco. “A gente vai discutir com ele um alinhamento maior com o partido, saber quais são exatamente os objetivos dele como presidente do PSD. E, claro, isso geralmente significa fortalecer o partido”, explica. Perguntado se isso também passa por uma discussão sobre como articular maior participação do PSD na Frente Popular de Caruaru, ele responde: “também, precisamos saber como vamos fazer isso, qual é a receita…”, reforçou.

Paralelo a essas discussões, outro tema talvez específico da Frente em Caruaru talvez fique de fora: a possibilidade de Adolfo como vice na campanha de 2012. “Esse tema é muito melindroso, é algo delicado para que eu discuta, porque indicaram o meu nome e isso ainda é muito cedo para colocar em pauta, fazer política antecipada é muito perigoso”, finalizou.

Para o encontro, foram convidados os 21 prefeitos do partido, os quatro deputados estaduais (Mary Gouveia, Rodrigo Novaes, Francismar Pontes e Everaldo Cabral) e os quatro vereadores da capital (Sérgio Magalhães, Gilvan Cavalcanti, Romildo Gomes e Maré Malta. De Caruaru, além dos cinco vereadores que compõem o partido na Câmara, há ainda 50 filiados com possibilidade de saírem como pré-candidatos a vereador nestas eleições.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro