7 de junho de 2012 às 22h58min - Por Mário Flávio

Deu no blog de Jamildo

O governador Eduardo Campos assinou, na tarde desta quinta-feira, a exoneração de quatro secretários de Estado, possíveis nomes a serem mobilizados para as eleições municipais de 2012.

São eles Tadeu Alencar (Casa Civil), Danilo Cabral (Cidades), Sileno Guedes (Articulação Política) e Geraldo Júlio (Desenvolvimento Econômico), além do próprio Maurício Rands, que volta à Câmara dos Deputados. Os nomes serão publicados no Diário Oficial desta sexta-feira. Se eles ficassem no governo, pela lei, estariam inelegíveis.
 
Caso haja uma definição das negociações para a formação da chapa socialista mais rapidamente, os nomes que sobrarem voltam ao governo normalmente. Pode não haver prejuízo ao funcionamento da máquina, se se considerar que até o dia 30 de junho tudo deve estar concluído, pela legislação eleitoral. Trata-se do prazo das convenções.

É como se o governador colocasse quatro cartas na mesa e dissesse que, se for preciso, pode levantar seu rei de espadas.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro