12 de junho de 2013 às 11h55min - Por Mário Flávio

O governador Eduardo Campos (PSB) assina, logo mais, às 15h, na sala B1 do Centro de Convenções, em Olinda, o ato de nomeação de 350 médicos, que reforçarão as escalas de plantão de 20 hospitais estaduais, tanto na Região Metropolitana como no Interior. Os profissionais foram aprovados no concurso público realizado este ano. Inicialmente, a seleção previa, em edital, a contratação 248 profissionais, mas houve um acréscimo de 102 médicos, devido às aposentadorias, licenças e exonerações. A partir da nomeação, publicada no Diário Oficial do Estado, há um período de 30 dias para tomar posse e mais 30 dias para começar o exercício.

Dos 350 médicos aprovados, 168 vão para as unidades do Interior, com destaque para o Regional do Agreste, de Caruaru, que ganhará 43 novos profissionais. As especialidades com maior reforço no Interior são pediatria (31 médicos), clínica médica (30) e cirurgia geral (30). Na RMR, recebem maior quantitativo de profissionais o Barão de Lucena, com 44 médicos encaminhados, e o Hospital da Restauração, com 42. Na Região Metropolitana, as especialidades mais reforçadas são a terapia intensiva (34) e a clínica médica (31).

O concurso de 2013 foi o segundo aberto na gestão do governador Eduardo Campos para seleção de médicos, e terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. O último concurso estadual para esta categoria, aberto em 2009, resultou na convocação de 1.580 profissionais aprovados.

INTERIOR – Os médicos aprovados que atuarão no interior estão distribuídos da seguinte forma: Regional do Agreste (Caruaru) – 43; Dom Moura (Garanhuns) – 26; Jesus Nazareno (Caruaru) – 23; Inácio de Sá (Salgueiro) – 18; José Fernandes Salsa (Limoeiro) – 16; Belarmino Correia (Goiana) – 12; Emília Câmara (Afogados da Ingazeira) – 11; Ruy de Barros Correia (Arcoverde) – 10; Professor Agamenon Magalhães (Serra Talhada) – 6; e Vicente Gomes de Matos (Barreiros) – 3.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro