7 de fevereiro de 2013 às 08h55min - Por Mário Flávio

Eduardo Mendonça

O presidente dos Sismuc/Regional Eduardo Mendonça rechaçou a tese que ele faz críticas a algumas ações da gestão do prefeito Zé Queiroz (PDT) por ser da oposição. Ele garantiu que a opção política não interfere nas ações dele a frente do Sindicato dos Servidores Municipais de Caruaru.

Mendonça disse que por causa da posição tomada na campanha de 2012, quando declarou apoio a Miriam Lacerda (DEM), algumas pessoas tentam associar tudo o que ele faz como se fosse ato de opositor. “Não tem nada a ver. Sou presidente do Sindicato e tenho que lutar pelos interesses da classe. Não podemos aceitar esse projeto com essas aberrações jurídicas, temos várias questões de inconstitucionalidade”, disse Eduardo em referência ao projeto que atualiza o PPC da educação.

O sindicalista ainda citou o exemplo de outros presidente que se posicionaram na campanha e lembrou que já foi aliado do prefeito Zé Queiroz. “Tomei a decisão de apoiar Miriam Lacerda e quantos presidentes de sindicatos não declararam apoio ao prefeito reeleito? E gostaria de lembrar que na eleição de 2000 fui um dos poucos que apoiou a candidatura de Jorge Gomes contra Tony Gel. Era aliado do prefeito Zé Queiroz, mas quando Tony Gel assumiu a prefeitura, a primeira coisa que ele fez foi me convidar para uma reunião e debatemos sobre o sindicato”, disse.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro