4 de julho de 2012 às 20h47min - Por Mário Flávio

“Preferia que ele continuasse no governo, pois vinha fazendo um excelente trabalho”. Foi desta forma que o governador Eduardo Campos avaliou a decisão do deputado Maurício Rands de pedir exoneração do cargo de secretário do governo, desligar-se do seu partido, o PT, e, até, renunciar ao mandato de deputado federal.

Eduardo Campos recebeu Maurício Rands em seu gabinete no final da tarde desta quarta-feira (04) e uma cópia da carta e o pedido de exoneração. Imediatamente, convidou o secretário executivo Lauro Gusmão para substituir Maurício.

“Testemunhei, de longa data, a militância política de Mauricio nos movimentos sociais, no exercício da atividade parlamentar, e sua atuação como Secretário, sempre presididas por espírito público, ética e defesa dos melhores interesses de Pernambuco e do Brasil”, disse o Governador.

Eduardo Campos acrescentou ainda que “o Parlamento Brasileiro perde o melhor representante da minha geração, o PT perde um grande militante e o nosso governo um extraordinário secretário. A Maurício, o nosso respeito”.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro